PETROBRÁS QUER VENDER ATÉ METADE DE SUAS REFINARIAS A PARTIR DE JUNHO

PorAGEGO Goiás

PETROBRÁS QUER VENDER ATÉ METADE DE SUAS REFINARIAS A PARTIR DE JUNHO

PETROBRÁS QUER VENDER ATÉ METADE DE SUAS REFINARIAS A PARTIR DE JUNHO

roberto castello brancoA Black Friday é só em novembro, mas parece que a Petrobrás quer adiantar um pouco as coisas, antecipando a sua “liquidação de estoque”. A estatal apresentou ao governo os seus planos de vender metade de suas refinarias a partir de junho. Os detalhes foram apresentados pelo presidente da companhia, Roberto Castello Branco(foto), durante reunião de ontem (16), em Brasília, com o presidente Jair Bolsonaro e ministros.

A ideia da Petrobrás é apresentar o projeto de venda dos ativos ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) ainda neste mês. Caberá ao Conselho analisar o processo para evitar a criação de monopólios regionais.

A Petrobrás possui 13 refinarias espalhadas pelo Nordeste, Sul e Sudeste. A empresa tem ainda uma unidade de processamento de xisto, no Paraná, e o Comperj (em obras), no Rio. Com a venda de parte desse parque, a companhia pretende levantar algo entre US$ 10 bilhões e US$ 15 bilhões, que devem ser usados no abatimento da sua dívida.

Castello Branco já havia anunciado, em fevereiro, que a Petrobrás iria desenhar um novo modelo de venda de suas refinarias. A tentativa anterior, lançada em 2018 e que previa a alienação de 60% de participação em refinarias do Sul e Norte, era considerada pouco competitiva.

No planejamento de negócios da Petrobrás entre os anos de 2019 e 2023, o setor de refino deverá receber até US$ 8,41 bilhões em investimentos, o que corresponde a 10% do montante total que a estatal irá desembolsar no intervalo. A parte de exploração e produção ficará com a maior fatia de recursos – US$ 68,8 bilhões.

Fonte: FEBRAGEO

Sobre o autor

AGEGO Goiás editor