Rio Araguaia – Exploração

Porservuti

Rio Araguaia – Exploração

Uma verdadeira barbaridade. Atualmente, na época da seca, em alguns pontos o rio já pode ser atravessado a pé. Fato que há alguns anos, antes da derruba das matas ciliares, era praticamente impossível. Os afluentes estão secando e os reflexos podem ser vistos a olho nu. Veja você, caro leitor. No ano passado, o rio Araguaia atingiu um dos níveis mais baixos da história. É certo que a seca tem contribuído para baixar o nível das águas. Porém, os danos causados por outras ações como, por exemplo, o avanço acelerado da agropecuária, com reflexos irreversíveis e que já preocupam ambientalistas, cientistas e algumas autoridades, principalmente do Estado de Goiás, como por exemplo, os deputados Bruno Peixoto e Mané de Oliveira, este então presidente da Comissão de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Assembléia Legislativa e que no final do ano passado alertou para o fato de que o Rio Araguaia está realmente morrendo. “Nunca vi peixe viver sem água”, disse e acrescentou que “os lagos que abastecem o rio e são criadouros dos peixes, mas estão sendo usados, de forma ilegal, para regar plantações de soja”. “Assim não dá. É preciso haver repressão, multa e até cadeia pra esse povo”, sentenciou.

Sobre o autor

servuti administrator